Transporte no Xilema

A captação de água e sais minerais ocorre ao nível da epiderme da raiz, especialmente atra­vés da superfície dos pêlos radiculares. Estas estruturas constituem prolongamentos das células epidérmicas que aumentam a sua superfície de contacto com o solo e, consequentemente, a sua capacidade de absorção.

Normalmente, as células epidérmicas possuem uma maior concentração de sais que o solo. Esta diferença, devida, em parte, à absorção de sais minerais do solo por transporte activo, pro­voca a entrada de água por osmose para o interior destas células.

A manutenção deste gradiente osmótico, desde as células mais periféricas da raiz até ao xilema, provoca a passagem da água por osmose para os seus vasos. Uma vez no interior do xilema da raiz, a água e os solutos ascendem até às folhas.

Existem basicamente duas hipóteses para explicar o movimento unidireccional da água no xilema, desde a raiz até às folhas: a hipótese da pressão radicular e a hipótese da adesão-coesão-tensão.