Produtos da Atividade Vulcânica

Do vulcanismo ativo resultam, fundamentalmente, três tipos de pro­dutos: os gases, os piroclastos e as lavas.

Os gases mais frequentes são o vapor de água, o dióxido de carbono e óxidos de enxofre e de azoto.

Os piroclastos são fragmentos de rochas vulcânicas, projectados através da cratera vulcânica. Por ordem crescente de granulometria (dimensão média dos elementos constituintes), apresentam-se as cinzas, o lapili ou bagacina, as bombas e blocos.

Tipos de Lavas

As lavas, ao consolidarem, dão origem a diferentes formações:

  • Lavas encordoadas ou pahoehoe — apresentam o aspecto de cordas sobrepostas. Quando as lavas são fluidas, a sua consolidação ocorre rapida­mente à superfície, quando a velocidade de fluxo diminui. Forma-se, assim, uma fina camada superficial, debaixo da qual a lava continua a fluir, provo­cando o enrugamento da superfície.
  • Lavas escoriáceas ou aa — apresentam um aspecto irregular, áspero e poroso resultante da consolidação de lavas menos fluidas.
  • Lavas em almofada ou pillow — formam-se em ambiente aquático, devido à escorrência de lavas para o oceano ou como resultado de erupções submari­nas. O arrefecimento da superfície da lava em contacto com a água é muito rápido, formando-se nessas massas uma carapaça sólida que é quebrada em vagas sucessivas pela lava liquefeita que assim escapa para o exterior.
Diferentes tipos de lava os produtos da atividade vulcânica

Imagem retirada daqui.

Tipos de atividade vulcânica

As erupções vulcânicas variam de acordo com o tipo de magma que lhes está considerando-se basicamente três tipos de actividade vulcânica:

  • Explosiva — os fenómenos vulcânicos de natureza explosiva estão associados a lavas muito viscosas, com origem em magmas ácidos (ricos em sílica e em gases). Dada a sua viscosi­dade, estas lavas não formam escoadas e solidificam na cratera, formando as agulhas (acu­mulações de lava com formas alongadas e pontiagudas que consolidaram no interior da chaminé) e os domos ou cúpulas (acumulações de lava consolidada na cratera com for­mas arredondadas). As erupções são muito violentas, devido à acumulação de gases, e acompanhadas por grandes explosões, com a emissão de piroclastos e a formação de nuvens ardentes (nuvens de gases e poeiras incandescentes).
  • Efusiva — os fenómenos vulcânicos de natureza efusiva estão associados a lavas muito fluidas, com origem em magmas básicos (pobres em sílica e com poucos gases). Dada a sua fluidez, a emissão destas lavas é rápida, formando-se grandes escoadas que podem percorrer grandes distâncias com uma velocidade variável.
  • Mista — na actividade vulcânica de tipo misto ocorrem períodos efusivos e explosivos, isto é, períodos calmos com formação de escoadas e períodos com explosões violentas com libertação de piroclastos e gases.